Fontes de colágeno: quais são e principais benefícios

O que você sabe sobre colágeno? Passada determinada idade, a proteína torna-se um item essencial no cardápio de muitos. O motivo se dá pelo fato dele ser importante para manter a pele firme e hidratada, prevenindo um dos pesadelos do envelhecimento: as rugas e a flacidez. Afinal, com o passar do tempo, torna-se cada vez mais necessário buscar por alternativas de manter a saúde em dia. Dessa forma, nada melhor do que fontes de colágeno: muito além da beleza, ele é considerado um ingrediente funcional.

É possível encontrá-lo principalmente em carnes vermelhas, peixes, frango e até mesmo a conhecida gelatina. Todavia, fontes de colágeno também devem ser consumidas por meio dos alimentos ricos em vitamina C, zinco, selênio e silício, por exemplo. Ao adicioná-los ao cardápio, eles podem melhorar a absorção e produção de colágeno no organismo.

O colágeno não é apenas importante para manter a firmeza e a hidratação da pele. Muito além disso, é possível considerá-lo como a “cola” que mantém o corpo firme. Afinal, ele também é responsável por manter a cartilagem, tendões e tecido conjuntivo em ordem. Quanto mais o tempo passa e menor se torna sua capacidade de produzir a proteína, mais se torna essencial mudar certos hábitos e redobrar os cuidados.

Confira abaixo tudo que você precisa saber sobre fontes de colágeno e a qualidade do elemento, bem como os alimentos mais ricos na proteína e seus benefícios.

Mais sobre colágeno

Fontes de colágeno
Fonte: Dicas de Mulher

Não é preciso envelhecer muito para que o colágeno passe a precisar ser uma realidade em seu prato. A partir dos 30 anos, a capacidade do organismo de produzir a proteína diminui, já que ele é fabricado pelo corpo a partir dos aminoácidos e nutrientes consumidos. Da mesma forma, outras influências também aceleram sua degradação, como o cigarro, poluição, radiação ultravioleta e estresse oxidativo. Assim, inserir fontes de colágeno na alimentação, muito além de uma questão estética, é uma questão de saúde.

Existem vários suplementos de aminoácidos que podem ser consumidos para auxiliar o organismo a produzir o colágeno. Todavia, nessa receita, a fonte prioritária deve sempre vir dos alimentos. São necessários além disso nutrientes como vitamina C, minerais em geral e silício orgânico, por exemplo. Seja como for, gastar em tratamentos dermatológicos em busca de mais firmeza para a pele não adiantará nada se a base não vier da nutrição.

Combate às rugas e estrias

A deficiência de colágeno no organismo, além de ocasionar inflamação nas juntas e doenças de pele, também é responsável pelo surgimento das estrias, rugas e celulite. Dessa forma, ao consumir alimentos que são fontes de colágeno, é possível evitar ainda mais o envelhecimento precoce.

Elastina

Junto do colágeno, a elastina também trabalha de forma que o envelhecimento possa ser retardado. Ela é responsável por dar elasticidade aos tecidos, compondo sua estrutura. Apesar de não estar presente em abundância no organismo, é possível encontrá-la nos pulmões, ligamentos, grandes vasos sanguíneos e na pele. Determinados alimentos incentivam a produção das duas proteínas, que unidas, são ainda mais benéficas

Quais são as fontes de colágeno?

Antes de mais nada, é importante lembrar que apenas uma alimentação balanceada não basta. Outros fatores que influenciam na saúde também devem ser levados em conta. Não fumar e praticar exercícios físicos regularmente, por exemplo, já ajudam muito no processo. Todavia, se você busca ter uma pele mais saudável, evitar o envelhecimento precoce e maior produção de colágeno, os alimentos a seguir tornam-se ideais,

1 – Frango

Fontes de colágeno
Fonte: ByMarina

Pelo fato do frango funcionar como uma fonte de aminoácidos, ele acaba sendo utilizado em muitos suplementos de colágeno. A carne deve ser comida com frequência, já que é uma fonte de proteína e ainda é baixa em gorduras. Quanto mais velho o frango, inclusive, maior a quantidade de colágeno e mais dura a carne. A proteína é encontrada em abundância na cartilagem e nos ossos, e também nos pés do frango.

2 – Gelatina

Fontes de colágeno
Fonte: Smartfit

A gelatina é uma proteína produzida a partir dos ossos de cartilagens de vários animais, como porco, peixes, boi e frango. Assim, possui grandes quantidades de proteína, minerais e água, bem como cálcio e pouca gordura.

3 – Carne vermelha

Fontes de colágeno
Fonte: Go Outside

Nesse sentido, principalmente os ossos provenientes da carne vermelha possuem altas quantidades de colágeno. É possível citar as cartilagens na carne bovina, a pele e os ossos no porco e o mocotó, por exemplo. Da mesma forma, o músculo também possui muito da proteína, mas em quantidades menores, estando na alcatra e nos cortes de músculo.

4 – Peixe e colágeno

Fonte: Deposit Photos

No caso do peixe, o colágeno está presente em todos os peixes de água doce e água salgada, principalmente na cartilagem, espinhas e pele. Dentre os animais marinhos, ainda é possível encontrar a proteína em outros invertebrados, como a lula.

5 – Clara de ovo

Fonte: Ovo

A clara de ovo é uma fonte extremamente rica do aminoácido não essencial prolina. Nesse sentido, seu consumo é essencial para adquirir um dos ingredientes que o corpo precisa para produzir colágeno. Além disso, a clara de ovo ainda acumula grandes reservas nutritivas que ajudam a manter a pele saudável e importam para o bom funcionamento do organismo.

6 – Semente de linhaça

Fontes de colágeno
Fonte: Veja Saúde

A semente de linhaça é uma fonte poderosa de ômega 3, responsável por auxiliar na melhora da elasticidade da pele. Além disso, ainda é fonte de tiamina, magnésio e manganês.

7 – Colágeno em frutas cítricas e tropicais

Fontes de colágeno
Fonte: Med World

A vitamina C é um dos ingredientes mais importantes para a produção do colágeno. Ele é encontrado em abundância em frutas como laranja e limão, ou frutas tropicais como kiwi, manga, goiaba, acerola e abacaxi. Além de formar a receita de base da proteína, a vitamina C ainda influencia na qualidade do colágeno, deixando-o mais firme e saudável.

8 – Alho

Fontes de colágeno
Fonte: Tua Saúde

Outro dos ingredientes cruciais para a produção da proteína é o enxofre, que está em abundância no alho. Junto disso, o ingrediente ainda contém ácido lipólico e taurina, responsáveis por reparar fibras colágenas danificadas.

9 – Colágeno e as castanhas

Fonte: Donaméra

As castanhas de caju e as nozes também possuem um papel importante na tarefa de produção do colágeno. A castanha de caju possui zinco e cobre, ambos cruciais para a receita. Castanhas no geral e nozes, por sua vez, são fonte de silício, também necessário na mistura. Todavia, lembre-se de não abusar do consumo de castanha de caju, já que ela pode ser calórica.

10 – Verduras e folhas escuras

Fontes de colágeno
Fonte: Pão de Açúcar

Certas verduras como couve, espinafre, acelga e repolho entram na lista das boas fontes de colágeno. Nesse sentido, a grande maioria das folhas verde-escuras possuem as substâncias necessárias para produzir a proteína. Além disso, se configuram como alimentos alcalinos, que regeneram as células da pele e reduzem a inflamação do corpo. Dessa forma, é ainda possível evitar rugas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *