O que é se sentir completa?

E é claro que eu não poderia deixar de ajudar você a compreender como é sentir uma mulher completa, dona de si e cheia de poder! Por isso preparei algumas dicas rápidas e fáceis para você ressignificar suas atitudes e conquistar a completude que você sempre sonhou. Então, vem comigo e confere esse power post que escrevi especialmente para você!

Se sentir completa é saber que você é dona da sua vida e das suas escolhas

Culturalmente, muitas mulheres são educadas a partir da premissa que suas decisões de vida devem levar em consideração a opinião de outras pessoas. Por isso, muitas crescem dependentes de familiares, namorados, maridos, entre outras pessoas que se tornam referências do que é certo ou errado.

Com isso, não conseguem se posicionar diante de situações decisivas. Dessa maneira, inúmeras mulheres são incapazes de perseguir sonhos e estipular metas que objetivam a realização pessoal ou profissional.

Para se sentir completa é fundamental ter como base a ideia de que você é a única dona das suas escolhas, das suas decisões e, principalmente, da sua vida! É saudável ouvir a opinião das pessoas que amamos, mas jamais podemos terceirizar o poder de escolha na mão de terceiros. Auto suficiência é um dos pilares para se sentir completa e realizada.

Uma mulher completa é aquela que reconhece o seu valor

Saber reconhecer nossas limitações é fundamental para nosso crescimento e aprimoramento individual. Entretanto tenha em mente que não é errado (muito menos presunçoso) autoafirmar todas as nossas qualidades e valor.

Lembre-se de que todas suas atitudes revelam ao outro quem você e o que você espera. Sendo assim, jamais se submeta a relações que oferecem migalhas, trabalhos que não te valorizam, amizades que só te deixam para baixo, entre outras situações que não somam – e só subtraem.

Uma mulher que sabe o seu valor reconhece a hora de insistir e, também, quando é momento de partir. Nunca se esqueça disso: você e seus princípios sempre em primeiro lugar.

A completude só acontece quando uma mulher descobre seu poder de fala

É comum que tenhamos medo de se posicionar diante de situações conflituosas. Temos receio de deixar claro o que realmente queremos por medo do abandono, da rejeição e das incertezas da vida.

Porém, se não falamos abertamente aos outros e, principalmente, para nós mesmas o que realmente queremos, apenas recebemos migalhas e nunca o banquete completo.

Sendo assim, sempre deixe claro suas vontades, objetivos e, também, saiba impor limites quando sentir que não está sendo correspondida ou desrespeitada.

Reconhecer falhas e aprender com elas é primordial para quem busca a integração de si mesma

Aprendizado é a palavra-chave se você quer se sentir completa. Afinal, nos tornamos a soma de todas as nossas experiências e, com isso, nos tornamos pessoas melhores e mais preparadas.

Dessa maneira, jamais se culpe pelas escolhas ruins, pelos caminhos tortuosos que escolheu e pelas frustrações vividas. Tudo na vida é benção ou lição. Quando você reconhece isso, os fardos ficam leves e nossas escolhas se tornam sábias.

Confie sempre na sua intuição e deixe a inteligência da vida guiar os seus passos.

Viu como se sentir completa não é um ponto de chegada, mas o caminho a ser trilhado? Por isso, sempre tenha paciência com você e o processo. Sei que você vai se sair muito bem!

Por isso, minha amada, compartilhe esse post nas redes sociais e mostre para mais mulheres como se sentir completa é fundamental para uma vida cheia de autoestima e poder feminino! Um beijo e até a próxima!

Please follow and like us:

Deixe uma resposta