O que é ovulação? Como ocorre, monitoração e período fértil

O que é ovulação? Como ocorre, monitoração e período fértil

22 de novembro de 2020 0 Por FB

Todo mês menstruamos e sabemos com clareza quando esse período chega! No entanto, muitas mulheres não sabem quando ou o que é a ovulação. A maior dificuldade encontrada nessa questão é devido a imprecisão objetiva desse dia dentro do ciclo menstrual.

Contudo, a ovulação é o período exato em que o óvulo é expelido do folículo em que foi produzido e, portanto, torna-se disponível para a fecundação. Esse momento, apesar de ser muito rápido (cerca de 24 à no máximo, 36 horas após o aumento do hormônio luteinizante, responsável por expelir o óvulo do ovário), gera uma janela de fertilidade de cerca de 6 dias.

Apesar de que a ovulação dura apenas pouco mais de 2 dias, a janela de fertilidade é maior como resultado da longa vida do espermatozóide dentro do corpo da mulher. Uma vez dentro do corpo, o espermatozóide consegue se manter por até 5 dias. Portanto, ainda que a relação tenha sido fora do período de ovulação, ainda há chances de fecundação.

despertador da ovulação
Fonte: freepik

O que é ovulação e como ocorre

A ovulação acontece quando o corpo expeli o ovulo no ovário e, portanto, abre o dia de maior chance de fecundação pelo espermatozóide. Essa ocasião, apesar de rápida, pode ser acompanhada por sinais corporais que auxiliam na observação do estágio do ciclo menstrual.

Em uma média de 12 à 16 dias antes da próxima menstruação, à depender do período de cada mulher, ocorre a ovulação. Contudo, para as mulheres que se utilizam do Método de Billings, é possível monitorar a ovulação pela temperatura basal e interpretando o aspecto do muco cervical.

Esse monitoramento através da observação do muco só é possível graças a alterações hormonais que colocam todo o ciclo menstrual em funcionamento. Ou seja, quando há aumento de estrogênio, o muco torna-se viscoso e incolor, tal qual o aspecto de clara de ovo. Esse aspecto significa que se está na janela de fertilidade e que a ovulação está prestes a acontecer.

despertador rosa da ovulação
Fonte: freepik

Monitorando a ovulação

Quando o ovulo não é fecundado após a ovulação, este se degrada ate acabar por completo. No lugar em que o folículo se desprendeu, há a cicatrização chama ‘corpo lúteo’, responsável pelo aumento de produção de progesterona. Quando o estrogênio abaixa, há uma alta de progesterona que faz a manutenção da lubrificação íntima da mulher, que fica mais seca nessa fase.

Em seguida, há novamente uma queda da progesterona para dar inicio a menstruação. A baixa de progesterona, faz com que o as camadas do útero, preparadas para um absorver um ovulo fecundado, se descole. Quando há uma alta de progesterona no corpo, o muco cervical fica mais esbranquiçado. Dessa forma é possível diferenciar cada etapa.

Há outras maneiras de monitorar a ovulação, já que esse método de Billings é mais acertivo para mulheres que o utilizam já há mais tempo. Há no mercado, testes de aumento do hormônio luteinizante. Esse hormônio é responsável pela expulsão do óvulo de dentro do folículo, isto é, uma espécie de saco que produz o óvulo. Por isso esse hormônio proporciona uma exatidão para o teste de fertilidade.

O período fértil

O que é ovulação
Imagem: Blasting News

O período fértil pode ser calculado segundo uma média de 12 à 16 dias antes da próxima menstruação, no entanto esse formato de média por dias não garante precisão, pois cada mulher tem um período de menstruação próprio. Há ciclos de 25, 28 ou 30 dias, contudo, é sempre bom avaliar a ovulação também por outras formas, para não ocasionar uma fecundação indesejada.

Caso o óvulo tenha sido fecundado, ele sai da trompa e vai para o útero, onde encontra um endométrio espesso, pronto para receber o óvulo fecundado. Esse processo demora cerca de a à 12 dias. Caso não haja fecundação, o óvulo se degrada e dá início então a um novo ciclo.

Agora que você já sabe como funciona a sua ovulação, que tal conhecer algumas vitaminas que ajudam nesse processo? É sempre bom lembrar também que como a ovulação se dá por meio de altas e baixas hormonais, a saúde física e emocional, bem com o um equilíbrio nutritivo influenciam na produção dos hormônios. Por isso esteja sempre em dia com a sua saúde.

Imagens: Zarllor, Freepik e Blasting News.

Fontes: Clearblue; Hello Clue; Tua saúde; Minha vida