Método de Billings, o que é? Como funciona, segurança e vantagens

Método de Billings, o que é? Como funciona, segurança e vantagens

22 de novembro de 2020 0 Por FB

Você sabia que é possível monitorar seu ciclo menstrual a partir do muco cervical? Esse método, conhecido como Método de Billings e vem sendo amplamente veiculado por sua capacidade de verificação da ovulação. Contudo, serve tanto para a prevenção de gravidez indesejada, bem como para o próprio planejamento de período fértil.

O método Billings vem se destacando por ser relativamente simples de se acompanhar. Basicamente, a partir da análise de consistência e cor do muco cervical e da umidade vaginal, é possível interpretar os níveis hormonais de progesterona e estrogênio.Representação de período menstrual. Metodo Billings

Photo by Dainis Graveris on Unsplash

O monitoramento da ovulação a partir desse método, se dá a partir da observação de progesterona, isto é, o muco cervical conhecido como corrimento branco que é produzido por este hormônio. Basicamente, quando há indício de corrimento branco, significa que há uma alta produção do hormônio progesterona. Portanto, geralmente ocorre quando o corpo da mulher está mais seco, servindo como lubrificante vaginal.

Da mesma forma, quando há indícios de muco cervical que se assemelham à clara de ovo, tem-se como resultado, pela perspectiva desse método, um provável aumento do hormônio estrogênio. Este hormônio caracteriza o período fértil por seu aspecto transparente, que auxilia na relação sexual, além de facilitar o deslocamento dos espermatozoides.

Para entender melhor como funciona o método de Billings, todavia, é interessante compreender o funcionamento hormonal do ciclo menstrual feminino. A propósito é sempre importante lembrar que cada mulher tem uma consistência própria para cada corrimento usado aqui como indicador, portanto é imprescindível que cada mulher se familiarize com seu próprio corpo para ser capaz de interpretar.

O método de Billings é seguro?

Apesar de ser um método de Billings com relativo sucesso, é importante lembrar que para mulheres que fazem uso de hormônios, espermicidas ou demais situações invasivas, a precisão de avaliação pode não ser a mesma. Da mesma forma vale para mulheres que estão começando a utilizar o método e ainda estão se adaptando. Todavia, quanto mais ciclos se observa, mais apurado consegue ser a interpretação.

Com o método de Billings, tem-se como foco o monitoramento da ovulação. Por isso demanda uma atenção diária com o aspecto do muco vaginal. Contudo, quando a avaliação é realizada corretamente por meses, consegue proteger contra gravidez indesejada em ate 99%. Essa prática é recomendado pela Organização Mundial da Saúde e tem todo embasamento científico necessário para tanto.

No entanto, se você não se sente segura para tal hábito diário, é indicado o uso de outros métodos contraceptivos. Contudo, para além do monitoramento da ovulação, esse método também auxilia na observação da saúde íntima, bem como da flora vaginal. Portanto, os benefícios são múltiplos.

Praticando o método pelo ciclo menstrual

Antes da mulher menstruar, o hormônio progesterona abaixa para facilitar que o rompimento da superfície do endométrio sem óvulo fecundado. Essa baixa é normal no período da menstruação, para estimular o descolamento do endométrio. Em seguida, após a menstruação, aumenta-se a progesterona, que acaba deixando a mulher mais seca. Esse é um dos fatores que se detecta com o método de Billings.

Nesse período é quando surge o corrimento branco que lubrifica a vagina. Esse marcador significa que a progesterona está alta, portanto não há ovulação, ou seja, não há período fértil. Quando a progesterona diminui, há um aumento de estrogênio e, por isso é possível identificar o período fértil de ovulação.

Evolução do muco cervical em periodo fertil
Fonte: tudoela.com

A ovulação corresponde ao período de 13 à 15 dias antes de menstruar. Nesse período é normal que o corrimento vaginal torne-se mais aguado e/ou transparente como clara de ovo. A viscosidade deste muco mais liso e transparente, somado ao período do ciclo menstrual, é capaz de indicar em que estágio de fertilidade se está. Um teste de viscosidade semelhante à imagem, ilustra  como fazer a avaliação

Após a ovulação não fecundada, o ovulo morre de 12 à 24 horas após a ovulação. O corpo lúteo, isto é, a cicatriz de onde esteve o ovulo não-fecundado; estimula a produção de progesterona novamente. Como resultado disso, há um aumento do hormônio progesterona que gera novamente o corrimento branco.

Vantagens do monitoramento de ovulação

Como monitorar seu ciclo menstrual a partir do método de Billings
Imagem: Aleteia

A principal vantagem do método de billings é a sua precisão quanto aos dias de fertilidade. O resultado disso é a completa falta de necessidade de utilizar hormônios sintéticos que podem vir a causar diversas mazelas no corpo da mulher. Portanto, para a mulher que já tem uma boa relação com seu ciclo menstrual por meio do método de Billings, não há necessidade do uso de anticoncepcionais.

Ademais, o uso desse método garante uma melhor detecção de anormalidades da saúde íntima da mulher, já que muitas doenças vaginais podem ser detectadas através do muco cervical. Certamente os benefícios de acompanhar o próprio corpo, são nítidos.

Imagens: Unsplash, Tudo ela, Aleteia e Mil Dicas de Mãe.

Fontes: Tudo Ela, cenplafam, Brasil Escola, Tua saúde.