Louis Vuitton – Origem, história e originalidade da lendária marca

Louis Vuitton – Origem, história e originalidade da lendária marca

19 de novembro de 2020 0 Por FB

A Louis Vuitton é, atualmente, uma das marcas de luxo mais renomadas de todo mundo. Conhecida, principalmente, por suas criações de malas de viagem e bolsas, a marca vai muito além disso, confeccionando também roupas, sapatos, acessórios e artigos para casa.

O nome da marca, no entanto, se origina do seu próprio criador, Louis Vuitton, nascido em 1821, de uma família de carpinteiros e moleiros, em uma pequena aldeia localizada na França, na região de Jura.PUBLICIDADE

Contudo, você já parou para pensar como a marca conseguiu consolidar esse espaço no mercado de luxo? Bom, se ficou curioso para saber, a resposta está em uma longa história, que iremos te explicar de antemão.

História e origem da marca Louis Vuitton

Louis Vuitton: conheça a lendária origem da marca e sua história
Foto: World Fashion

Aos seus 16 anos de idade, em 1837, Louis Vuitton, bem como seus antepassados, resolveu que iria trabalhar na fabricação de baús. Portanto, após tomar sua decisão, partiu da pequena aldeia onde morava, em Jura, para Paris, e iniciou o seu período de aprendizado como Monsieur Maréchal.

Foto: World Fashion

Na época, os viajantes compravam dos artesãos os baús para armazenar seus pertences nas carruagens puxadas por cavalos. Rapidamente, Louis se tornou um dos artesãos mais procurados e valorizados por estes compradores, no ateliê parisiense de Monsieur Maréchal. Até que, depois de 17 anos, abriu seu próprio ateliê, na 4 Rue Neuve-des-Capucines, próximo à Place Vendome.

Conforme o seu sucesso foi crescendo, a marca se viu na necessidade de expandir os seus negócios, fazendo com que eventualmente se abrissem outros ateliês, como por exemplo o de Asnieres, em 1859. Com o avanço da marca, houve também um célebre aumento no números de funcionários, o ateliê que iniciou suas atividades com 20 funcionários, posteriormente em 1914, já tinha o total de 225 artesãos.

O ateliê foi ampliado ao longo das décadas, incluindo a adição da residência da família Vuitton, mas permanece sendo o local onde os produtos são fabricados até hoje. Neste meio tempo, o lar dos Vuitton passou a fazer parte de um museu particular.

Revolução das bagagens: O Fecho Tumbler

Devido às reclamações de viajantes quanto aos constantes roubos de suas bagagens, em 1886, Louis Vuitton e seu filho Georges Vuitton revolucionaram os fechos das malas e bagagens com um sistema único de trancas formadas por duas fivelas com molas, patenteado como Fecho Tumbler.

O sistema revolucionário é muito efetivo e, portanto, é usado até os dias de hoje.

Louis Vuitton com as joias

“Para momentos brilhantes”, assim é como a Louis Vuitton promove suas joias. Fabricadas de acordo com seu famoso monograma, a flor e a estrela, as deslumbrantes joias da marca tem dado origem a um novo diamante que é cortado a partir destas duas formas.

A particularidade na escolha das  mais belas e raras pedras preciosas, faz com que as coleções das marcas sejam verdadeiros espetáculos.

No ateliê de alta joalheria da Louis Vuitton, cada joia é cuidadosamente elaborada por uma equipe de artesãos e gemólogos, que aplicam as mais tradicionais técnicas. Como, por exemplo, o colar Dentelle, que imita claramente os aglomerados de estrelas e flores. Os diamantes são calculadamente posicionados para refletir o logotipo da marca.

Foto: Terapia de Luxo (Colar Dentelle)

Como saber se meu produto da Louis Vuitton é original?

Ainda anteriormente, a marca já sofria com as falsificações, por esse motivo, ela investiu em design e detalhes minuciosos de extrema identificação. Primeiramente, é importante se preocupar com quatro itens: o material, os fechos e metais, a costura e o código de autenticidade.

O material do produto da Louis Vuitton é sempre de extrema qualidade. O couro é legítimo, natural, que envelhece de uma forma específica. Nos fechos, a logomarca é gravada. No caso da estampa, ela deve ser alinhada e simétrica.

Após verificar todos esses fatores, você deve conferir o código de autenticidade que está dentro da bolsa. Este código tende a ficar gravado nas etiquetas, no couro ou no forro. Caso seu produto possua todas estas especificações, ele é, definitivamente, original.

Gostou desta matéria?

Fontes das imagens: Madame, Terapia de Luxo,  World Fashion.
Fontes: Etiqueta Única, Etiqueta Única 2, Madame, Terapia de Luxo.