Lipo LAD, o que é? Valor, como funciona e quais os riscos

Lipo LAD, o que é? Valor, como funciona e quais os riscos

19 de novembro de 2020 0 Por FB

A Lipoaspiração de Alta Definição, popularmente conhecida como lipo LAD, é certamente uma das cirurgias estéticas mais populares dos últimos tempos. Em síntese, trata-se de um aperfeiçoamento da lipoaspiração comum, um dos procedimentos mais realizados no Brasil.

Quando o assunto é o mundo das celebridades – mais especificamente o universo das blogueiras digitais -, o procedimento estético é ainda mais comum. Em resumo, estamos falando de uma tendência do momento. Apesar disso, não é um procedimento cirúrgico simples e rápido para o corpo.

Também conhecida como Lipo HD, Lipo 4D ou High Definition Lipo, essa cirurgia estética chegou ao Brasil em meados de 2015. Em suma, o objetivo dela é esculpir a região escolhida, removendo as gordurinhas em excesso, como a lipo comum. Entretanto, o diferencial da LAD é deixar os músculos destacados, deixando um aspecto de corpo malhado.

Como funciona

Primeiramente, na cirurgia de lipo LAD, as características dos músculos já existentes do paciente são acentuadas ainda mais. Durante a cirurgia, pode ser usada a anestesia geral, anestesia peridural ou anestesia local, dependendo da área escolhida para ser remodelada.

Em seguida, iniciada a cirurgia, aplica-se uma solução de soro fisiológico, adrenalina e anestésico na região. Quando a solução faz efeito, um pequeno cano (cânula) é colocado pelo cirurgião plástico. Sobretudo, ela vai aspirando as células de gordura entre os músculos e em cima deles.

Depois, um laser passado por toda a região é feito, para manter tudo no lugar. Assim, o procedimento pode durar de 3 a 6 horas, dependendo das regiões que serão lipoesculturadas.

Fonte: Pexels

Quanto custa uma lipo LAD

A lipoaspiração de alta definição, de fato tem um preço bem salgado em comparação com sua irmã genérica. Geralmente, o procedimento não sai por menos de R$ 20 mil reais em regiões como São Paulo e Rio de Janeiro, dependendo da área corporal a ser feita. Em Brasília e Goiânia, pode ser que você pague RS 15 mil reais.

No mundo das celebridades, o preço quase nunca é um problema. A cantora Ludmilla e sua esposa, Brunna Gongalves, fizeram a nova técnica de lipo. Segundo fontes, o casal desembolsou bastante. Cada cirurgia custou RS 30 mil, na famosa clínica de procedimentos estéticos JK, em São Paulo, que fica em um bairro nobre da capital paulista.

GretchenVirginia Fonseca e digital influencer Alessandra Prado também não perderam tempo em fazer uma lipo HD.A cantora Ludmilla após lipo LAD – Repordução/InstagramBrunna Gongalves após lipo LAD – Reprodução/Instagram

Quem pode fazer a lipo LAD

A lipo LAD pode ser feita por homens e mulheres, ressaltando os músculos que a pessoa já tem. Isso é possível porque a técnica usada também remove as gorduras que estão entre os músculos superficiais, coisa que a lipoaspiração comum não oferece. As partes do corpo que podem ser feitas são os braços, costas, peitoral, cintura, abdômen, quadris, glúteos e coxas.

Quem está insatisfeito com o corpo ou procura deixá-lo mais bonito, não pode fazer a lipoaspiração de alta definição se não estiver dentro de certas exigências médicas. Primeiro, o Índice de Massa Corpórea (IMC) deve estar quase ideal. A pessoa também não pode ter a pele e músculos (tônus muscular) muito flácidos, pois o resultado seria insatisfatório.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBPC) também recomenda que o paciente que quer se submeter à lipo LAD tenha certos atributos. O adequado é que a pessoa tenha 30% do seu peso ideal, a pele e músculos firmes. Também é importante conferir se você não tem doenças ou condições médicas que coloquem sua vida em risco na hora da cirurgia.

Sendo assim, a SBPC também recomenda que a pessoa não seja fumante e que esteja pronta para seguir as recomendações do cirurgião plástico, de forma que o resultado da cirurgia seja o mais próspero possível. É importante lembrar que a LAD não é recomendada para quem quer perder peso. Ela é um procedimento que visa esculpir e definir o corpo que antes não era assim por certa gordura localizada.

Cuidado pós-cirúrgico

Concluída a cirurgia, é essencial cautela para que o procedimento seja um sucesso. Consequentemente, como em todas as cirurgias, é normal o inchaço na região modificada. É recomendável evitar o sol durante 2 meses e usar um cinta cirúrgica por 60 dias. Caso a LAD tenha sido feita nos braços ou pernas, meias de compressão devem ser usadas por 15 dias.

Para garantir o resultado, o médico pode indicar sessões de drenagem linfática manual, garantindo que o inchaço diminua mais rápido e ajude na modelagem dos músculos. Outros cuidados como não fazer força excessiva e exercícios físicos durante os 60 dias é essencial para pontos internos não inflamarem e incharem mais.

lipo lad
Drenagem linfática Fonte: Pexels

Riscos da lipo LAD

Ainda segundo a SBPC, a LAD oferece os mesmos riscos que uma lipoaspiração comum. Por ser uma cirurgia invasiva, ela não deve ser considerada inofensiva à saúde. Em primeiro lugar, a anestesia já pode ser um problema. Nunca se sabe as reações do corpo humano às substâncias estranhas. Em segundo lugar, vem a dor após o procedimento, seguida de um possível acúmulo de líquido (seroma), além de má cicatrização.

Além disso, o paciente ainda pode sofrer com sangramentos (hematomas) na área, necrose da pele e dormência ou falta de sensibilidade na pele. Trombose intravenosa, complicações cardíacas e pulmonares, danos nos nervos e assimetria dos músculos ainda podem acontecer. Para evitar a chance de que tais problemas surja e perdurem, é importante seguir as recomendações do médico responsável.

Assim, para manter o resultado da lipo LAD, também é essencial que a pessoa siga uma dieta saudável e faça exercícios físicos regulares, de acordo com as exigências de seu corpo. O acompanhamento de nutricionista e um médico fisiatra auxilia o paciente nesses momentos.

Também, caso engorde ou engravide, a esculturação feita no corpo pela LAD permanece, mas o resultado de definição dos músculos que o procedimento traz pode ser perdido e a pessoa pode optar por fazer novo procedimento.

Enfim, você gostou dessa matéria?

Fontes: Isto É, Metrópolis, PurePeople

Imagens: Dr. Valter Hugo, Ludmilla – Instagram, Brunna Gonçalves – Instagram, Pexels, Pexels